23°C 28°C
Fortaleza, CE

Senador gasta com gasolina valor para dar 17 voltas na Terra

Outra fonte de despesas tem relação com seu refinado gosto pela cara gastronomia de São Paulo

21/05/2024 às 19h25
Por: MTb:0003449/CE Fonte: Pleno News
Compartilhe:
Senador gasta com gasolina valor para dar 17 voltas na Terra

O senador Alexandre Luiz Giordano (MDB), que assumiu o cargo por ser suplente de Major Olímpio (do extinto PSL), que morreu em 2021, vítima de Covid-19, se tornou assunto em Brasília em razão de sua prestação de contas com combustíveis e seu refinado gosto pela cara gastronomia de São Paulo.

Continua após a publicidade

De acordo com a Folha de S.Paulo, o parlamentar usou mais de R$ 336 mil para abastecer seus carros, de seu filho e, também, de uma empresa da família.

Continua após a publicidade

Compreendendo valores atuais do combustível, o montante gasto por Giordano daria para financiar 17 voltas na Terra. Com a média mensal de despesas com gasolina na faixa de R$ 9 mil, seria possível cruzar o país quatro vezes, em uma linha reta que vai do Oiapoque ao Chuí.

Continua após a publicidade

Mas o senador nega qualquer irregularidade nos gastos e destaca que não faz uso de toda a verba disponível. Ele relatou que faz uso de seus veículos particulares para economizar, e enfatiza que o Supremo Tribunal Federal (STF) já arquivou questionamento sobre suas despesas com combustível.

Ocorre que na apuração citada pelo senador, não havia todos os detalhes dos gastos no decorrer dos três anos.

A maior parte das notas fiscais comprovando os abastecimentos de Giordano se concentram no Auto Posto Mirante, na Zona Norte da capital paulista, região onde fica o escritório político e as empresas da família do parlamentar. Neste posto foram gastos R$ 183 mil.

Foram localizados recibos com placas de veículos em nome do filho do senador, Lucca Giordano, de empresa da família e do próprio político. A maioria dos comprovantes não discrimina se houve, de fato, abastecimento.

Outro posto muito utilizado é o Irmãos Miguel, que somam R$ 122 mil. O estabelecimento fica na pequena cidade de Morungaba, com menos de 14 mil habitantes, no interior de São Paulo.

Na região está o Hotel Fazenda São Silvano, cujo proprietário é Giordano. Ele não expôs a razão de concentrar tantos gastos em combustível na cidade.

As despesas do político com alimentação também chamaram a atenção pelos altos valores, conforme levantamento feito pelo Metrópoles. Em março, foi gasto R$ 681 na churrascaria Varanda Grill, na região da Faria Lima. Em 2022, uma nota de R$ 810 na churrascaria Rodeio, em Cerqueira Cesar, onde foi pedida uma picanha para duas pessoas no valor de R$ 385.

A lista é extensa: Fogo de Chão, Outback, Jardim Di Napoli e Almarana.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Fortaleza, CE
30°
Parcialmente nublado

Mín. 23° Máx. 28°

33° Sensação
8.75km/h Vento
62% Umidade
98% (2.91mm) Chance de chuva
05h38 Nascer do sol
05h33 Pôr do sol
Sáb 28° 23°
Dom 27° 23°
Seg 28° 23°
Ter 28° 24°
Qua 28° 24°
Atualizado às 15h02
Economia
Dólar
R$ 5,44 -0,24%
Euro
R$ 5,82 -0,33%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,17%
Bitcoin
R$ 369,383,65 -1,62%
Ibovespa
121,490,49 pts 0.87%
Lenium - Criar site de notícias