23°C 28°C
Fortaleza, CE

Conheça os indiciados pela PF por atos antidemocráticos

Caso é referente à greve de caminhoneiros em setembro de 2021

06/07/2024 às 03h32
Por: MTb:0003449/CE Fonte: Pleno News
Compartilhe:
Viatura da Policia Federal Foto: Coordenação-Geral de Comunicação Social/PF
Viatura da Policia Federal Foto: Coordenação-Geral de Comunicação Social/PF

Nesta sexta-feira (5), a Polícia Federal (PF) indiciou o deputado Zé Trovão (PL-SC) e outras 12 pessoas por causa de uma manifestação política realizada na véspera do feriado de 7 de Setembro de 2021, quando aconteceu uma greve de caminhoneiros.

Continua após a publicidade

A investigação foi aberta a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) por considerar o ato “antidemocrático e violento”. Com o indiciamento, todas as 13 pessoas responsabilizadas pela manifestação serão investigadas por alguns crimes; entre eles, tentativa de impedimento, com emprego de violência ou grave ameaça, do livre exercício de Poderes da República, associação criminosa e incitação pública à prática de crime.

Continua após a publicidade

Confira quem são os indiciados:

Continua após a publicidade

Zé Trovão (PL-SC) – indiciado pelos crimes de tentativa de impedimento, com emprego de violência ou grave ameaça, do livre exercício de Poderes da República (reclusão de dois a seis anos) e por incitação pública à prática de crime (reclusão de três a seis meses ou multa) e por associação criminosa (reclusão de um a três anos);

Turibio Torres – indiciado pelos crimes de tentativa de impedimento, com emprego de violência ou grave ameaça, do livre exercício de Poderes da República (reclusão de dois a seis anos) e por incitação pública à prática de crime (reclusão de três a seis meses ou multa) e por associação criminosa (reclusão de um a três anos);

Bruno Henrique Semczeszm – indiciado pelos crimes de tentativa de impedimento, com emprego de violência ou grave ameaça, do livre exercício de Poderes da República (reclusão de dois a seis anos) e por incitação pública à prática de crime (reclusão de três a seis meses ou multa) e por associação criminosa (reclusão de um a três anos);

Alexandre Urbano Raitz Petersen – indiciado pelos crimes de tentativa de impedimento, com emprego de violência ou grave ameaça, do livre exercício de Poderes da República (reclusão de dois a seis anos) e por incitação pública à prática de crime (reclusão de três a seis meses ou multa) e por associação criminosa (reclusão de um a três anos);

Juliano da Silva Martins – indiciado pelos crimes de tentativa de impedimento, com emprego de violência ou grave ameaça, do livre exercício de Poderes da República (reclusão de dois a seis anos) e por incitação pública à prática de crime (reclusão de três a seis meses ou multa) e por associação criminosa (reclusão de um a três anos);

Luiz Antonio Mozzini – indiciado pelos crimes de tentativa de impedimento, com emprego de violência ou grave ameaça, do livre exercício de Poderes da República (reclusão de dois a seis anos) e por incitação pública à prática de crime (reclusão de três a seis meses ou multa) e por associação criminosa (reclusão de um a três anos);

Rolff Pfeiffer – indiciado pelos crimes de tentativa de impedimento, com emprego de violência ou grave ameaça, do livre exercício de Poderes da República (reclusão de dois a seis anos) e por incitação pública à prática de crime (reclusão de três a seis meses ou multa) e por associação criminosa (reclusão de um a três anos);

Sérgio Reis – indiciado pelos crimes de tentativa de impedimento, com emprego de violência ou grave ameaça, do livre exercício de Poderes da República (reclusão de dois a seis anos) e por incitação pública à prática de crime (reclusão de três a seis meses ou multa) e por associação criminosa (reclusão de um a três anos);

Eduardo Oliveira Araújo – indiciado pelos crimes de tentativa de impedimento, com emprego de violência ou grave ameaça, do livre exercício de Poderes da República (reclusão de dois a seis anos) e por incitação pública à prática de crime (reclusão de três a seis meses ou multa) e por associação criminosa (reclusão de um a três anos);

Wellington Macedo de Souza – indiciado pelos crimes de incitação pública à prática de delito (detenção de três a seis meses ou multa) e por associação criminosa (reclusão de um a três anos);

Oswaldo Eustáquio Filho, jornalista – indiciado pelos crimes de incitação pública à prática de delito (detenção de três ou seis meses ou multa) e por associação criminosa (reclusão de um a três anos);

Antonio Galvan, ex-presidente da Aprosoja – indiciado pelos crimes de incitação pública à prática de delito (detenção de três a seis meses ou multa) e por associação criminosa (reclusão de um a três anos); e

Joedir Dilson do Lago- indiciado pelos crimes de incitação pública à prática de delito (detenção de três a seis meses ou multa) e por associação criminosa (reclusão de um a três anos)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Fortaleza, CE
27°
Parcialmente nublado

Mín. 23° Máx. 28°

30° Sensação
6.17km/h Vento
83% Umidade
98% (1.77mm) Chance de chuva
05h42 Nascer do sol
05h37 Pôr do sol
Sáb 28° 23°
Dom 28° 22°
Seg 28° 23°
Ter 28° 23°
Qua 28° 23°
Atualizado às 21h02
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 333,298,22 +0,55%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Lenium - Criar site de notícias